Estou aqui escrevendo e ouvindo uma música que me desperta bons sentimentos. Enquanto ouço começo a refletir sobre uma série de coisas. Sim, eu sou essa pessoa que volta e meia fica existencial de mais e começa a pensar na vida.

Estou refletindo sobre a jornada, a vida, como eu me sinto nesse momento, e o que eu mais queria. O mais engraçado é que quero coisas tão simples, mas nem um pouco fáceis.

Refletir sobre o tempo decorrido é revelador. Olho para trás e penso na quantidade de vezes que repeti esse gesto. Não faz muito sentido não é mesmo? Por que olhar para trás se deitamos para o futuro? Mas é quase que impossível resistir a vontade de contemplar o que passou.

Nem sempre essa é a melhor atitude. Fico saudosa, e me sento em meio a uma encruzilhada de sentimentos que são complexos demais para tentar explicar. Queria poder passar por essa estrada sem ter essa sensação de esquecimento e ao mesmo tempo de ter deixado algo importante passar.

Já sentiram isso?

Como se algo que não foi finalizado ou resolvido aparecesse de tempos em tempos como um alerta incomodo do celular? Ou como um fantasma que às vezes assombra nossos sonhos nos lembrando de coisas esquecidas sem motivo algum?

Pensamentos soltos nesse papel virtual

Bem, pelo menos eu tenho esse espaço, esse lugar. Grande parte do que está sendo escrito nesse momento pode não fazer sentido algum, mas quem sabe amanhã? Ou depois? Ou daqui a alguns anos?  O importante é registrar um pouco dos pensamentos soltos nesse papel virtual.

Abraços...

Photo by Daniel Chekalov on Unsplash, Photo by Cathryn Lavery on Unsplash

Amanda Almeida

Próxima postagemPostagem anterior

8 comments

  • Liz says:

    Ava, ultimamente eu estou imersa nesse estado de reflexão. Às vezes faz bem, e tem dias que também é um pouco doloroso. Mas penso que seja algo necessário.
    Abraços <3

    Reply
  • Ane says:

    Ava, acho que acontece com todo mundo, as vezes ficamos saudosos, faz parte da vida lembrar do que passou... não pra ficarmos presos ao passado, apenas pra recordar porque foi bom. A não ser que algo ficou mal resolvido e aí precisamos parar e resolver de uma vez por todas. Triste é lembrar dos momentos ruins... e parece que este momentos tem mais força que os momentos bons...

    Beijos e boa semana!

    Reply
  • Kelen Vasconcelos says:

    Oi Amiga,
    Eu sei o que vc quer dizer, tenho estado reflexiva assim também. Não só pelo tempo que estamos vivendo, mas pela a vida em si que vivemos.
    Bjos
    Kelen Vasconcelos
    https://www.kelenvasconcelos.com.br/

    Reply
  • Emerson says:

    O importante é desabafar e desanuviar a cabeça. Adorei o texto.

    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    Reply
  • Kinga says:

    Lindo ❤

    Reply
  • luma rosa says:

    Oi, Ava!
    Já fui muito de lembrar o passado, hoje lembro de pessoas, principalmente aquelas que se mostraram mais amigas. Não gosto de lembrar problemas, porque trazemos eles para o presente. Então, acho um perigo as lembranças porque podem contaminar pelo bem ou pelo mau, o que vivemos no momento. Já esqueci rostos, nomes e lugares que amigos ou parentes trazem nas conversas. Estranho isso, não? Mas foi a forma que encontrei de manter a minha sanidade mental depois de muitas perdas, principalmente de pessoas queridas.
    Mas cada um vive e preserva sua história da forma que mais felicidade lhe traga.
    Beijus no coração!!

    Reply
  • Leslie Leite says:

    Oi Amanda,
    Acho que todo mundo se sente assim em algum momento, eu mesma vivo esses momentos nostálgicos e geralmente escrevo o que sinto no meu diário, mas minha psicóloga disse que é melhor evitar remoer pensamentos soltos e antigos, ela sempre diz que é melhor se concentrar no agora, esquecer o passado e parar de ficar ansiosa com o futuro. Mas, não posso evitar meditar sobre meu passado vez ou outra, haha.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    Reply
  • Camila Faria says:

    Oi Ava, de vez em quando também me bate essa nostalgia, essas lembranças de tempos menos complicados, umas saudades... Acho que acontece com todo mundo, né? O importante é não ficar preso no passado, entender que esse sentimento é natural, mas seguir em frente sempre. Um beijo querida, adorei o texto e a reflexão. :*

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *